Ponte Brooklyn???

21 out

Que a edição 2008 do Tim Festival esta estranha, é mais do que explícito… esse lance de separar ainda mais os palcos e as noites, criar “temas” e tentar apostar em vertentes esgotadas (“Novas Raves”… meio 2005 demais isso, não?) já se mostrou uma fórmula falha. Pronto falei.

E agora então? Sem Paul Weller e The Gossip?

Mas o principal erro deles foi apostar em uma tendência certa e não saber explorar…. criar o palco “Ponte Brooklyn” e chamar o The Nacional parece contraditório. Fato que o Brooklyn hoje é o celeiro de bandas e sons originais… o MGMT é prova disso e salva a noite… mas o The National não tem absolutamente nada a ver com as experimentações em Williamsburg, Bushwick e redondezas… não divide a atual inspiração utilizada por MGMT, Yeasayer, Hercules & Love Affair, Battles e cia… sonoridades diferentes entre si, frescas e pensadas. 

E quem for acompanhar o MGMT no Tim, prepare-se: a apresentação é sensacional. Relevem esse papo de que eles viajam nas experimentações e “se perdem” no meio do show. Balela. É só ouvir o disco umas 2 ou 3 vezes com calma para imaginar  e perceber as diferentes possibilidades que eles têm ao vivo… e a utilizam da melhor maneira.  Tive a oportunidade de conferir o show dos caras no Lollapalooza e passou longe de ser uma decepção… Segue o vídeo de “Future Reflections”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: