2008: ainda – “Ivan Santos & Giancarlo Rufatto”

8 jan

 

Certa vez eu conversava com o Guto Gevaerd (criador do lendário site O Bule, integrante do Folk Trio, ex-Bad Folks, Constanza e outras bandas) junto com Rafa Martins (Wandula, Ruido/mm e… Bad Folks), sobre a questão dos novos músicos e bandas que surgiam na cidade. Nada de atual… essa conversa rolou na edição do Rock de Inverno que aconteceu no Cine (acho que em 2004… tem a resenha que eu fiz na época junto com o Abonico para o antigo Bacana, hoje Mondo Bacana, aqui ó – percebam como eu era mais chato…)

mas chega de parênteses… volta para a conversa…

Falávamos sobre a nova cena musical que se desenhava na cidade… e como era um super desafio para novos músicos se estabelecerem… papo de bêbado mesmo, entre um show e outro. Foi ai que o Rafa (ou o Guto?), soltou uma pérola inesquecível, “quero mais é que venha uma série de bandas novas para chutar nossas bundas e mostrar como são melhores que nós!”… yeah! atitude rocker alcoolizada!

Graças aos bons ventos… não foi isso que aconteceu. Grandes músicos daquela geração continuaram na ativa – infelizmente alguns outros desastres sonoros também, mas nada é perfeito – e acabaram se unindo com a molecada que despontava. Guto e Rafa são exemplos disso…. e agora celebramos mais um encontro entre gerações curitibanas; o veterano Ivan Santos, da OAEOZ, com o incansável Gian Rufatto.

“Incansável” porque ele realmente não pára (reforma ortográfica? oi?). Com uma carreira formada entre o solo Lo-Fi Dreams e a banda  Móbiles, Gian lançou não sei quantos discos, EPs e singles sob seu nome de batismo. Cara limpa e peito aberto. Toda semana surge com uma novidade em nossas caixas postais. De single de natal e EP de covers até a idéia de se apresentar na rua… pegar o violão, parar em uma praça e começar a tocar folk e soul para as pessoas que passavam por ali. Tudo disponível para download… E ele reclama de Curitiba… mas tem propriedade para isso, além de estar fazendo sua parte. Mesmo esquema do Ivan…

Através da OAEOZ Ivan Santos criou suas próprias ferramentas para sobreviver. Junto com a esposa – a elétrica jornalista Adriane Perin (uma das principais vozes do jornalismo rocker local) – montou o selo/blog De Inverno e o já citado festival Rock de Inverno. A batalha é longa e Ivan mantêm os ouvidos ligados nas mais diferentes novidades e trincheiras que surgem… não parou no tempo, assim como a OAEOZ. Ano passado lançaram dois discos de uma vez; “Falsas baladas e outras canções de estrada” e “Ao Vivo na Grande Garagem que Grava”, com flertes cada vez mais contemporâneos e sombrios, principalmente no registro ao vivo. A praia do OAEOZ sempre foi o palco.   

Por isso o encontro destes dois músicos é especial. Duas mentes inquietas com faro aguçado… certo dia Gian fez uma versão da música “Deserto” do OAEOZ e mandou para Ivan, que por sua vez acrescentou alguns novos elementos e pronto! Começou a brincadeira virtual que terminou com o lançamento deste EP, com cinco faixas gravadas, sendo que quatro delas foram produzidas neste esquema virtual; “A Falta Desse Ar” e ” Lounge” de Gian junto com “Deserto” e “Vazio” do OAEOZ.

Mas o grande trunfo deste registro é a música “Noturna”. Minimalista, esmagadora, cortante e esfumaçada. Uma repetição crua e angustiante no piano que duela com o suave flugelhorn conduzido por Igor Ribeiro, tudo isso ilustrado pelo total contraponto no turbilhão de sentimentos jogados na letra. Uma espécie de desabafo decisivo sobre um casal que não existe mais, através de trechos soltos que permitem diferentes leituras do caso (principalmente nos ecos de “não posso, não gosto, não quero…”). O melhor é o toque de auto-ironia dela… de noção de fraqueza carnal e descontrole perante sentimentos mais primitivos… por mais que o racional insista em permanecer… “Noturna” foi a única faixa gravada pelos dois em estúdio e esse resultado é assustador perante todo o potencial dessa parceria… que não acaba aqui.  

O EP foi lançado pelo selo De Inverno e ganhou uma pequena tiragem física, mas pode ser baixado no Tramavirtual e Mondo Bacana. Segundo um bate-bola bem rápido e por e-mail, Ivan revelou que existem planos para 2009 de shows em teatros acompanhados por uma banda, além de novas composições que entrarão em um próximo registro. Isso mesmo, mais um EP… não duvide…

7 Respostas to “2008: ainda – “Ivan Santos & Giancarlo Rufatto””

  1. Túlio janeiro 8, 2009 às 12:19 pm #

    Esse De Inverno de 2004 foi onde o falecido JOHNZ estreou… logo na primeira música a guitarra não funcionava por erro nosso… hahaha

    Desse EP do Gian e Ivan curto muito “Da falta desse ar”, mas concordo que “Noturna” é mais classuda.

    Atualiza mais esse blog, carajo!!

    abs

  2. subtropicalia janeiro 8, 2009 às 12:47 pm #

    po…. johnz era muito bom, tulio!

    to correndo com algumas coisas mais diferentes, mas que eu já abro aqui no blog…. por isso esses posts perdidos no tempo…

  3. ramiro janeiro 8, 2009 às 1:16 pm #

    excelente mermão!
    noturna é de arrepiar!!!

  4. gian janeiro 8, 2009 às 2:44 pm #

    valeu guga!

    (e a minha preferida é “Vazio” heheheh)

  5. Ivan janeiro 8, 2009 às 5:48 pm #

    pois é Guga. como diz o ditado, “pedra que rola não cria limo”. e vamos em frente…

  6. inmwt janeiro 8, 2009 às 6:17 pm #

    opa, vou colar na vizinhança, pois há décadas queria linkar algo do Rufatto lá

Trackbacks/Pingbacks

  1. novo ep do hotel avenida « subtropicália - outubro 26, 2009

    […] virtual… mas que segue uma proposta acústica. Nada distante da linha utilizada pela banda, um encontro de gerações curitibanas bem interessante, capitaneado por Giancarlo Rufatto e Ivan Santos, ao lado de Carlão Zubek, Allan Yokohama, Igor […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: